Discipulado não é um método, mas um processo. A igreja que entende o processo de discipulado está a caminho de uma transformação. Primeiro a transformação dos seus membros e depois a transformação do mundo. Fazer discípulos faz parte da missão da igreja. É uma ordem de Cristo a todos nós, pois todo verdadeiro cristão é um discípulo de Jesus, e todo verdadeiro discípulo é, também, um missionário. O estilo de vida do Filho de Deus foi o modelo a ser imitado por todos os seus seguidores -- princípio claramente expresso na ordem de "fazer discípulos de todas as nações". A forma, é claro, fica condicionada aos dons de cada indivíduo e ao papel de cada pessoa na sociedade onde está inserida; no entanto, cada pessoa que crê em Cristo é chamada a desempenhar um papel condizente com sua vocação e estilo de vida.