Os quatro evangelhos registram a vida de Jesus, principalmente seus três anos como pregador itinerante, e a semana final em que foi crucificado. Sua ressurreição é considerada confirmação de sua reivindicação de ser o Messias/ "Filho de Deus" prometido.


Atos é a continuação do Evangelho de Lucas, a história de como os primeiros cristãos, principalmente Pedro e Paulo, difundiram as "boas novas" de Jesus entre judeus e gentios, chegando até a própria Roma.