קורסים זמינים

PROJETO INTEGRADOR.

O Projeto Integrador tem como objetivo proporcionar prática ao estudante do TIME. Este deverá organizar um projeto a ser executado nos encontros presencias. A ideia é experenciar todo arcabouço teórico que adquiriu ao longo do curso.

O Projeto Integrador será ministrado em duas disciplinas que pretendem ensinar aos estudantes métodos de construção e execução de projetos.

Os estudantes se organizarão em grupos e serão orientados pelo professor e tutores.

Orientações específicas serão produzidas pela equipe gestora e corpo docente do TIME.


“Evangelização é a apresentação de Jesus Cristo no poder do Espírito Santo, de tal maneira que os homens possam conhecê-lo como Salvador e servi-lo como Senhor, na comunhão da igreja e na vocação da vida comum". ( J. Edwin Orr [1912-1987], historiador e avivalista)
Esta matéria propõe-se a apresentar ao aluno uma introdução ao empenho evangelístico da igreja. Incluirá tanto uma discussão da teoria quanto da prática do evangelismo e abrangerá perspectivas bíblicas, teológicas, das ciências sociais e do próprio ministério da igreja.

OBJETIVOS DO CURSO: despertar em cada aluno a paixão por Missões, pela oração por povos não alcançados, pela Igreja perseguida. Que todos ao concluírem o curso sejam elementos de mobilização das Igrejas locais em Missões, quer como pastores ou obreiros. Que esses alunos saiam do curso, comprometidos com a divulgação do Evangelho

Evangelhos - Os quatro evangelhos registram a vida de Jesus, principalmente seus três anos como pregador itinerante, e a semana final em que foi crucificado. Sua ressurreição é considerada confirmação de sua reivindicação de ser o Messias/ "Filho de Deus" prometido.

Atos é a continuação do Evangelho de Lucas, a história de como os primeiros cristãos, principalmente Pedro e Paulo, difundiram as "boas novas" de Jesus entre judeus e gentios, chegando até a própria Roma.

Cartas Paulinas - Ler uma carta é como escutar a uma só das pessoas que tomam parte em uma conversação telefônica. De modo que quando lemos as cartas de Paulo frequentemente nos encontramos com uma dificuldade: não possuímos a carta que ele estava respondendo; não conhecemos totalmente as circunstâncias que estava enfrentando; só da carta podemos deduzir a situação que lhe deu origem. Sempre, ao ler estas cartas, nos apresenta um problema dobro: devemos compreender a carta, mas não a entenderemos se não captarmos a situação que a motivou. Devemos tratar continuamente de reconstruir a situação que nos esclareça carta.

Para compreender os escritos paulinos faz-se necessário calma e paciência, é impossível entendê-los lendo apressadamente! Teremos que ler devagar, entender o significado das expressões chaves. São elas que indicam a relação entre um termo e outro que Paulo faz muito bem. A leitura apressada do epistolário paulino é o que faz seus escritos, muitas vezes, parecer sem sentido ou de difícil compreensão.

Cabe a vocês, estudantes das Sagradas Letras, a missão de não querer esgotar Paulo num breve curso como este. Esta é apenas uma porta que se abre. Ler e reler estes escritos (muitos deles os primeiros textos do NT) ajuda a tirar aquela ideia equivocada, tão mal difundida por alguns autores que qualificam o Apóstolo como duro, frio, machista, submisso ao império.

Nós podemos dizer das Cartas o mesmo que o Apóstolo escreveu a respeito dos textos sagrados que tinha em mãos: “Pois tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação das Escrituras, tenhamos esperança”. (Rm. 15:4).

Nossa oração é que o estudo dos escritos paulinos nos ensinem a conhecer melhor a mensagem de Deus e a sermos perseverantes nas dificuldades que vamos encontrar em nossa caminhada! Que nos animem a sentir a consolação que Deus nos dá quando precisaremos de um ombro amigo. Mas, sobretudo, que estas Cartas alimentem a nossa esperança! É a esperança que nos ajuda a sermos melhores, a caminhar, a não desanimar e fazer de nossas igrejas um lugar de encontro, de comunhão e de amor como foram as comunidades que receberam estes textos do apóstolo Paulo!


Prezados Alunos

 

Neste módulo veremos a história da nossa denominação no Brasil e no Mundo. A nossa história é rica e temos um legado muito belo para guardarmos. Os batistas do sétimo dia datam sua origem com o movimento separatista do século XVII, na Inglaterra. Com a ênfase renovada nas Escrituras para a doutrina e a prática livres da igreja, homens tais como James Ockford, William Saller, Peter Chamberlain, Francis Bampfield, Edward e Joseph Stennett concluíram que se observar o Sábado do sétimo dia era uma exigência imprescindível do cristianismo bíblico.

Vamos, portanto, conhecer melhor a nossa própria história?

Pentateuco é o nome pelo qual, tradicionalmente, se conhece o grupo dos cinco primeiros livros do Antigo Testamento. Trata-se de uma palavra de origem grega que pode ser traduzida por "cinco rolos". Os judeus designam, por sua vez, esses livros com o título genérico de torah, termo hebraico que, apesar de ter sido traduzido de forma habitual por "lei", na realidade, tem um significado mais amplo. Torah, de fato, inclui o conceito de "lei" e, até com maior propriedade, os de "guiar", "dirigir", "instruir" ou "ensinar" (cf. Dt 31.9).

Amalgamando temas e estilos, os livros poéticos e sapiências da Bíblia ocupam um lugar de destaque no cânon do Antigo Testamento. A sabedoria que esses escritos didáticos fazem permanente referência, tentando inculcá-la nos seus leitores, é de caráter eminentemente prático, não consiste tanto em um apelo teórico quanto numa exortação para saber viver, ou seja, para que o comportamento da pessoa seja adequado a todas e a cada uma das múltiplas circunstâncias da vida, que cada qual deve desempenhar de maneira correta no papel que lhe corresponde representar no meio da comunidade humana a que pertence.

Assim como o bom artesão possui uma espécie de "sabedoria" que o capacita para esculpir madeira, forjar metal, engastar pedras preciosas ou compor belas telas (cf. Êx 35.31-35), também "o sábio", segundo a perspectiva bíblica, possui a habilidade, a agudeza e as qualidades precisas para enfrentar com êxito as contingências da vida, quaisquer que sejam.

A sabedoria é, essencialmente, um dom de Deus desenvolvido prontamente pela experiência e pela reflexão. Porque a experiência do cotidiano é também, por sua vez, fonte inesgotável de sabedoria para aquele que anda com os olhos bem abertos e não se agrada da sua própria ignorância. Por isso, o sábio observa a realidade, julga aquilo que vê e, finalmente, comunica aos seus discípulos aquilo que ele mesmo aprendeu primeiro do seu relacionamento pessoal com o mundo circundante.

Também percebe-se que a poesia hebraica é um estilo literário que apela mais à imaginação e à emoção humana que à razão. Por isso ela é carregada de subjetivismo humano. Consequentemente a exploração objetiva do texto fica mais difícil.

A poesia hebraica  possui várias características que serão vistas nesta cadeira, pois os textos hebraicos possuem muitos recursos estilísticos que trazem a riqueza do texto mostrando, pelos sentimentos, que a vida pode sim ser vivida e apreciada poeticamente.
Que tenhamos um bom curso!

Neste módulo você conhecerá um pouco mais sobre a história da Igreja Batista do Sétimo dia bem como aprofundará seu conhecimento na declaração de fé da nossa igreja.

Neste módulo veremos Pneumatologia e Hamartiologia. A primeira trata do estudo do Espírito Santo, abordando a natureza da ação e relação que Ele mantém com o universo, o homem e particularmente o cristão. Na doutrina Cristã, o Espírito Santo é a terceira pessoa de Deus na Triunidade divina. Já a segunda é a ciência que estuda o pecado e as suas origens e consequências, ou — se preferível — o estudo sistematizado daquele tema (pecado). O estudo do pecado e sua origem inevitavelmente incorre na questão da natureza do mal, assim como da relação deste com o homem.

Caros alunos

Neste módulo estudaremos "Cristologia". Esse é um dos princípais assuntos da teologia como um todo, pois lida como o que é mais distintivo no Cristianismo: a pessoa de Cristo. Analisaremos a questão da natureza da pessoa de Cristo na pespectiva bíblica e histórica, os estados e ofícios e a obra vicária de Cristo.

Tendo em vista a Cristologia estar intimamente ligada à Salvação, abordaremos também neste módulo a doutrina da salvação "soteriologia".

Bom estudo

O estudo da Língua Portuguesa entende a importância de falar e escrever bem, seja na forma culta ou popular. Como pastores e líderes devemos conhecer nosso vernáculo, pois faremos uso dele quer escrevendo, quer nos comunicando. 

Nesta matéria veremos princípios para uma comunicação falada eficaz. Princípios regentes da comunicação escrita. Interpretação e produção de textos. GRAMÁTICA. Suas divisões. Fonologia, morfologia, sintaxe, semântica e estilística. Nessa disciplina temos por objetivo fornecer aos ministros da Palavra fundamentos teóricos e práticos que os habilitem no desempenho no ministério da pregação (falada e escrita).

Bom estudo.

Competência/habilidades a serem desenvolvidas: O aluno deverá conhecer o processo histórico do texto Sagrado, suas divisões, seus manuscritos e sua confiabilidade. 


I. VISÃO GERAL

1.1. Origem do termo

1.2. Idiomas em que foi escrita


II. SEU DESENVOLVIMENTO

2.1. Preservação oral

2.2. Escrita 

2.3. Redação

2.4. Canonização  


III. AS DIVISÕES DA BÍBLIA 

3.1. As designações Antigo e Novo Testamento

3.2. Como está dividido o Antigo Testamento

3.3. Como está dividido o Novo Testamento

3.4. Como está dividido o  Antigo Testamento Hebraico 


IV. O DESENVOLVIMENTO DO CANON BÍBLICO

4.1. Canonicidade do Antigo Testamento

4.2. Canonicidade do Novo Testamento 

4.3. Os livros apócrifos 

4.3.1. Apócrifos do Antigo Testamento 

4.3.2. Apócrifos do Novo Testamento 

4.4. OS pseudoepígrafes 


V. OS MANUSCRITOS DA BÍBLIA 

5.1. Manuscritos do Antigo Testamento 

5.2. Manuscritos do Novo Testamento 


VI. TRADUÇÕES E VERSÕES DA BÍBLIA 

6.1. Aramaicas, siríacas e afins

6.2. Traduções Gregas e afins 

6.3. Traduções latinas e afins 

6.4. Traduções para o português 


VII. CONFIABILIDADE DO TEXTO BÍBLICO

Educação Cristã é um processo de educação e aprendizado sustentado pelo Espírito Santo e baseado nas Escrituras. Procura guiar indivíduos a todos os níveis de crescimento através de métodos do ensino em direção ao conhecimento e vivência do plano e propósito divinos mediante Cristo em todos os aspectos da vida. Também equipa as pessoas para o ministério efetivo com uma ênfase geral em Cristo como Mestre Educador por excelência e seus mandamentos de fazer e treinar discípulos.

(Werner Graendorf, citado por Pazmino in: Cuestiones Fundamentais de la educación Cristiana , Dadeland, Miami: Editorial Caribe. 1995. p. 96)

Prezados Estudantes.

Chegamos ao módulo "Homilética", uma das matérias mais práticas de nosso curso.

Neste módulo estudaremos técnicas para melhor expormos a Palavra de Deus. É dito que a pregação é um milagre duplo. O primeiro, é Deus usar um pecador redimido, um ser humano imperfeito e com muitos defeitos para transmitir sua perfeita e infalível Palavra. Trata-se de um ser perfeito usando um ser imperfeito como seu porta-voz. Tão somente um milagre seria capaz de tornar isso possível. O segundo, é o Senhor fazer com que os ouvintes aceitem o porta-voz imperfeito, escutem a mensagem por intermédio dele e, finalmente, sejam transformados por essa mensagem. Esse é o grande milagre da pregação.

As técnicas são essênciais para uma boa pregação. Embora todas as metodologias ajudem o pregador, não obstante, não fazem dele um pregador. Par ser um bom pregador é preciso ter a técnica e algo mais. Esse algo mais é o milagre do Espírito Santo. O mensageiro divino deve orar, meditar e se colocar inteiramente nas mãos de Deus para então anunciar todo o conselho divino.

Uma das primeiras ciências que os estudantes da Bíblia e pregadores devem conhecer é a hermenêutica, arte de interpretar textos.

A Bíblia Sagrada foi produzida por pessoas diferentes, em épocas remotas, países distantes entre si, em meio a povos e costumes variados e também utilizando uma linguagem simbólica. Para a correta compreensão do texto bíblico e sua utilização na elaboração de estudos e sermões faz-se necessário, portanto, o precioso auxílio que a hermenêutica é capaz de oferecer.
Espero que todos vocês tenham um bom aproveitamento deste módulo.

Bom estudo!

Neste módulo, História Eclesiástica I, você analisará e buscará respostas a perguntas intrigantes como estas:
  • Que grupos no período apostólico e pós-apostólico tentaram rivalizar com o cristianismo?
  • Por que alguns líderes cristãos foram chamados pais da Igreja?
  • Que foram as cruzadas e quais foram seus resultados?
  • De que maneira a Reforma Protestante ajudou a preparar o caminho para a revolução científica?
  • Que fatores explicam por que as missões modernas explodiram no século 18?

Estudar a história da Igreja é estudar a história da obra de Cristo! Só isso já seria um motivo suficientemente forte para que fosse um tema importante na vida de qualquer cristão. E aqui não se trata apenas de algo relacionado a história, mas a fé da Igreja, uma vez que nos primeiros séculos havia muito pouco de exegese e estudo. Porém talvez nunca o Espírito Santo tenha aparecido com tanta força quanto nos primeiros séculos do Cristianismo. É descobrir passo a passo como chegou o Cristianismo até nós, sem imprensa, sem televisão, sem internet, apenas com Jesus Cristo e o Espírito Santo.

Bons estudos!

Administração Eclesiástica é o estudo dos diversos assuntos ligados ao trabalho do pastor no que tange a sua função de líder ou administrador principal da igreja á que serve.
Lembremo-nos de que a igreja é, simultaneamente, ORGA­NISMO e ORGANIZAÇÃO. É o povo de Deus organizado num tríplice aspecto: espiritual, social e econômico, para atender à missão para a qual Deus a constituiu.

Teologia Sistemática é o estudo de toda a verdade cristã de forma abrangente e sistêmica. A base para o estudo é a Escritura Sagrada, mas também utiliza-se de outros ramos do saber como a Filosofia, a História, a Psicologia e demais ciências desde que elas ajudem no esclarecimento de verdades abordadas na Bíblia Sagrada.


קטגוריות קורסים